13 de maio de 2015

Voluntários cristãos no Nepal têm mais trabalho após outro terremoto



Voluntários cristãos no Nepal têm mais trabalho após outro terremotoSegundo terremoto deixa cerca de mil pessoas feridas e mais de 40 pessoas mortas

Outro grande terremoto atingiu o Nepal três semanas depois de mais de 8 mil pessoas foram mortas pelo pior terremoto em décadas já registrado. Voluntários cristãos e ajudas humanitárias terão agora que aumentar o trabalho para ajudar mais estes afetados. 

Cristãos voluntários de ministérios de ajuda humanitária dobram esforços com novo terremoto no Nepal para ajudar os que estavam sofrendo com o primeiro tremor e agora com o segundo.
Segundo informações das agências internacionais de noticias, o segundo tremor de terra que afetou o Nepal e que teve seu epicentro perto da fronteira chinesa entre a capital Kathmandu e do Monte Everest, alcançou a magnitude de 7,3 na escala e deixou cerca de mil pessoas feridas e mais de 40 pessoas mortas.
Um dos momentos do terremoto foi registrado quando um legislador estava se dirigindo ao parlamento e estava sendo gravado, quando a câmera começou a tremer e os legisladores começaram a sair do auditório assustados.(veja momento no vídeo/matéria no final do post)
Voluntários de vários ministérios que estão no Nepal, ajudando as pessoas afetadas pelo primeiro terremoto, contou suas experiências com o segundo tremor.
Um dos líderes do Ministério Christian Aind, Yeeshu Shukla, estava cerca de 40 milhas de distância da região de Sindhupalchowk, quando o edifício onde estava começou a tremer. Ele está no Nepal prestando assistência às pessoas atingidas pelo primeiro tremor de terra.
“Por um momento, senti o edifício em que estava iria desabar”, disse ao periódico Christian Today, e acrescentou “Nós corremos. Todos estavam na rua, alguns deles em pânico.Houve quatro ou cinco tremores secundários graves e alguns edifícios desabaram”.
Nick Guttmann, diretor da Christian Aid, tinha acabado de chegar no país para monitorar o progresso dos esforços da ajuda fornecida pelo ministério. Ele foi visitar a agência associada ao ministério em Katmandu, antes de visitar o ponto de distribuição, quando o ligeiro tremor de terra sacudiu o piso da agência. Todos se levantaram e então tudo começou a se mover.
Uma hora depois do terremoto, disse Guttmann, “as pessoas estão andando pelas ruas,sem saber o que fazer,ouviu uma mulher perguntar ‘O que está acontecendo ao Nepal?’”.
Assista vídeo/matéria do euronews,onde mostra momento do tremor no Nepal registrado pela câmera no parlamento nepalês e outras imagens.