29 de maio de 2015

Por que devo orar pela Eritreia?




29_eRITREIA_0270001242
Com base na frase dita pelo Irmão André, fundador da Portas Abertas, convidamos você a orar pela Eritreia, 9º país da Classificação da Perseguição Religiosa 2015.

Informações, dados e conhecimento sobre a Eritreia
A população eritreia é dividida em 40% de cristãos e 60% de muçulmanos. Lá, existem três vertentes do cristianismo: igrejas históricas registradas, ex-muçulmanos e os cristãos independentes. A hostilidade das autoridades locais chegou ao ponto de um funcionário do governo declarar certa vez, em público, que há três inimigos que precisam ser erradicados do país: o vírus da Aids (HIV), o regime da Etiópia e os cristãos independentes.

Pelo que posso orar?


Há 10 mil prisioneiros de consciência detidos em prisões eritreias.
Pelo menos 1.500 cristãos estão presos em condições verdadeiramente desumanas.
Desde maio de 2002, todas as igrejas evangélicas estão fechadas e precisam de autorização para funcionar.
Grupos cristãos que não pertençam às igrejas oficiais são presos e detidos sem julgamento ou acusação, podendo ser torturados e até mortos.
Torturas são abundantes em centros de detenção, há prisioneiros mantidos em contêineres de metal, celas subterrâneas e ao ar livre no deserto, cercados por arames farpados ou espinhos.

"Não os deixarei órfãos; Eu voltarei para vocês." Jo 14.18
Apesar das dificuldades, perseguições e grande sofrimento, um líder eritreu, cujo nome não pode ser divulgado por motivo de segurança, disse à Portas Abertas: "Logo que me trouxeram preso, pensei que o diabo havia prevalecido sobre a igreja e sobre mim. Mas não levou sequer um dia para que o Senhor me mostrasse que ele é um Deus soberano e que controla todas as coisas, inclusive aqui na prisão. Ele está nos protegendo. Louvado seja o seu poderoso nome!"