11 de maio de 2015

Novas avalanches paralisam busca por 300 desaparecidos no Nepal




Terremoto devastou região de Langtang. (Foto: Médicos Sem Fronteiras / Via AP Photo)
Várias avalanches ocorridas nos últimos dias no vale de Langtang, no Nepal, obrigaram a paralisação da busca de cerca de 300 pessoas desaparecidas na região desde o terremoto de 16 dias atrás, e demandam a retirada imediata de dezenas de cidadãos da região, informou nesta segunda-feira (11) uma fonte oficial.

As equipes de resgate nepalesas que trabalhavam em Langtang foram para regiões mais seguras devido aos deslizamentos registrados em diferentes partes do vale desde a sexta-feira (8) à noite, disse o chefe adjunto do governo regional, Gautam Rimal, ao jornal local "Himalayan Times".

"A busca e as evacuações são impossíveis até que o tempo melhore", disse Rimal, alertando também sobre o perigo que cerca de 200 pessoas correm desde que se refugiaram no mosteiro budista de Kyanjin Gompa.

O local acolhe desde então dezenas de sobreviventes do terremoto, cujos povoados foram "arrasados" e que diante dos deslizamentos "precisam de uma evacuação de emergência".

De acordo com os últimos números oficiais, o terremoto deixou pelo menos 8.019 mortos e 17.866 feridos, um número que muito possivelmente vai continuar aumentando.