11 de maio de 2015

"Nova fase de ameaça terrorista global", diz secretário de segurança dos EUA sobre jihadistas do EI nas redes sociais




Facebook
Jeh Johnson, secretário de Segurança Interna dos Estados Unidos fez um alerta sobre o uso das redes sociais pelos jihadistas do Estado Islâmico.
Nesse domingo (11), ele frisou o aumento de risco de atendado em território americano. "Entramos em uma nova fase de ameaça terrorista global, com a possibilidade de que o que chamamos de lobo solitário ataque a qualquer momento."
"Estamos realmente diante de um novo panorama, fruto do uso das redes sociais e da internet pelo EI, o que lhe permite que as pessoas cheguem ao nosso território. Por causa da internet, é possível que não vejamos quase nenhum sinal antes de que alguém tente fazer algo de forma independente. Por isso, as forças locais devem estar mais atentas do que nunca", destacou.
Por meio do FBI e do Departamento de Segurança Interna, o estado federal controla a informação. Por esse motivo, Jeh Johnson, junto com James Comey, diretor do FBI, conversaram com milhares de autoridades policiais sobre o tema.
Dias atrás, o Texas foi palco de um atentado jihadista durante um evento de caricaturas de Maomé, algo considerado blasfêmia aos religiosos.
As ações do Estado Islâmico têm chamado a atenção de todo o mundo, principalmente dos cristãos, alvo dos jihadistas, e despertado um estado de alerta aos governos.