2 de maio de 2015

Malafaia convoca protesto contra indicação de Luiz Edson Fachin ao STF: “Comunista”; Assista




Malafaia convoca protesto contra indicação de Luiz Edson Fachin ao STF: “Comunista”; Assista
O pastor Silas Malafaia decidiu se posicionar também a respeito da indicação do advogado Luiz Edson Fachin para ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), na vaga que foi de Joaquim Barbosa, aposentado em 31 de julho do ano passado devido a problemas de saúde.


Segundo o pastor Malafaia, a indicação do nome de Fachin por Dilma Rousseff (PT) é uma afronta à sociedade, pois o advogado é considerado por muitos especialistas um entusiasta do comunismo: “Se você é a favor da família, é a favor dos bons costumes, se você é

contra o sistema comunista diga não a Fachin!”, diz o pastor em um vídeo.
O gaúcho Luiz Edson Fachin é jurista e professor Direito Civil da Faculdade de Direito da Universidade Federal do Paraná (UFPR), além de atuar como advogado. Em 2010, publicou um manifesto em favor da candidatura de Dilma Rousseff à presidência, para substituir Lula.

Autor de diversos artigos sobre o direito, Fachin defende a obrigatoriedade de pensão para amantes, o direito à esterilização sem a necessidade de consentimento do seu cônjuge; a desapropriação de terras produtivas; é a favor da resolução que permite que menores de idade usem banheiros do sexo oposto conforme a orientação sexual,Para Malafaia, a sociedade precisa se mobilizar e exigir que os senadores não aprovem a indicação de Fachin para o STF, e sugere o envio de e-mails em massa para os parlamentares.

“Nós estamos vivendo uma época dos absurdos nessa nação. Agora a presidente Dilma indica um candidato ao Supremo Tribunal Federal, o doutor Fachin, e eu fico assim, dizendo, ‘meu Deus do céu, onde é que nós vamos parar?’. Esse cara é diretor de um famigerado IBDFAM (Instituto Brasileiro de Direito da Família)… Não, não, está errado. Deve ser ‘IBECOFAM’ – Instituto Brasileiro Contra a Família”, ironizou o pastor.