11 de maio de 2015

Garoto resgatado com vida após ficar 8 h soterrado morre em hospital




.
Deslizamento em Nilo Peçanha, em Salvador, onde morreram as 4 pessoas (Foto: Robel Sousa/TV Bahia)O adolescente de 14 anos, que passou mais de oito horas soterrado e foi resgatado com vida pelo Corpo de Bombeiros, não resistiu e morreu na manhã desta segunda-feira (11). A informação é da assessoria de comunicação do Hospital do Subúrbio, onde a vítima estava internada. O corpo dele vai ser levado para necropsia no Instituto Médico Legal (IML).

Lucas Silva Santana foi retirado por volta das 20h de domingo (10). Segundo a prefeitura, com base em relatos da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), o adolescente estava consciente no momento do resgate. A mãe dele, de 37 anos, foi uma das três pessoas que morreram ainda no local, na Rua Coronel Pedro Ferrão, nas proximidades da Rua Nilo Peçanha, na região da Baixa do Fiscal.

Morreram ainda um rapaz de 28 anos, irmão da mãe, e um idoso de 64 anos. A informação é da SMS, Defesa Civil (Codesal) e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Outras quatro pessoas que ficaram feridas foram socorridas por moradores e encaminhados para diversas unidades de saúde. De acordo com a prefeitura, todos passam bem. Conforme a Polícia Militar (PM), pelo menos cinco imóveis desabaram na região do deslizamento.

A Defesa Civil de Salvador (Codesal) mantém plantão 24 horas, atendendo às solicitações pelo telefone gratuito 199. De meia-noite até as 8h30 desta segunda, a Codesal registrou 40 solicitações de emergência. São quatro alagamentos, oito ameaças de desabamentos, três ameaças de deslizamentos, uma árvore ameaçando cair, uma árvore caída, uma avaliação de imóvel alagado, um desabamento de muro e 21 deslizamentos. No mês de abril, deslizamentos de terra deixaram 15 mortos em Salvador em decorrência das chuvas.

Reunião de emergência
O prefeito ACM Neto realizou uma reunião de emergência na sede Palácio Thomé de Souza, na noite de domingo, para avaliar os danos provocados pela chuvas que atingem a capital baiana. Participaram do encontro secretários como Marcílio Bastos (Manutenção), Luiz Carrera (Casa Civil), Paulo Fontana (Infraestrutura e Defesa Civil), José Antônio Rodrigues Alves (Saúde), Bruno Reis (Promoção Social), Rosemma Maluf (Ordem Pública), além do superintendente da Transalvador, Fabrizzio Muller, do coordenador das Prefeituras-Bairro, Reinaldo Braga Filho, e do presidente da Limpurb, Tiago Correia.