29 de maio de 2015

Em novo vídeo do Estado Islâmico, refém aparece cavando a própria cova antes de ser decapitado



EI _ refém cava a própria cova
Mais um vídeo com refém foi divulgado nesta semana pelo Estado Islâmico. Desta vez, o refém aparece cavando a própria cova antes de ser decapitado por um jihadista.

A informação é um grupo que monitora a ação do Estado Islâmico na Síria e no Iraque.

Com uniforme laranja, comum nos vídeos do grupo, o refém aparece nas imagens usando uma picareta e uma pá para cavar o terreno de um ambiente de deserto que, segundo os jihadistas, é aos arredores de Damasco.

Antes de ser executado, o refém diz que trabalhava como espião. Depois de um corte no vídeo, ele aparece ajoelhado na frente de um combatente islâmico e depois, jogado na cova com a cabeça em cima de seu peito.

Esse é mais um dos diversos vídeos já divulgados pelo Estado Islâmico em que reféns são executados, entre eles muitos cristãos.

Essa e outras ações recentes do grupo mostram que as informações de que o grupo estava enfrequecido podem ser apenas boatos.

A Igreja deve permanecer em oração em favor das pessoas que são vitimadas pelos jihadistas.