3 de maio de 2015

Deputado Eli Borges tem gabinete invadido por ativistas gays




Grupo de ativistas gays invadiu na manhã desta terça-feira (31), o gabinete do deputado Eli Borges (Pros), e realizaram beijaço gay entre pessoas do mesmo sexo. O ato foi em retaliação a aprovação do requerimento do deputado Eli Borges que repudiou o beijo gay promovido pela Rede Globo, na nova Babilônia. 12 deputados votaram pela aprovação do requerimento. Em Brasília, a Bancada evangélica também publicou documento repudiando veemente o Beijo promovido pela Rede Globo.
A Audiência da novela "Babilônia", é uma das menores dos úlitmos tempos, e causou revolta de pessoas das mais diversas classes sociais, alegando que a TV que promover uma cultura gay no país.
Ao JM Notícia, o deputado disse que o ato de invasão ao seu gabinete pelos ativistas gays, cristaliza o que ele pensa, e demonstra a falta de respeito para com ele.
" Isso cristaliza o que penso, nós que defendemos a família tradicional, e o pudor, em todas as nossas ações nos respeitamos, discordamos, mas respeitamos.
O deputado disse ao JM Notícia, que em nenhum momento fez insinuação em detrimento ao grupo que realizam estas práticas.
“Na medida em que “invadem” o meu gabinete, estão deixando uma prova que eu respeito eles, mas eles, não me respeitam”. Em nenhum momento eu fiz insinuação em detrimento dos seguidores desta prática, eu só disse que a intimidade tem que ser vivida na sua intimidade.