9 de maio de 2015

Cuba envia brigada médica ao Nepal para atender vítimas de terremoto




Cuba envia brigada médica ao Nepal para atender vítimas de terremoto

Os médicos formam parte do Contingente médico `Henry Reeve´, especializado em desastres naturais e situações de emergência

Uma brigada médica cubana integrada por 49 profissionais partiu nesta sexta-feira ao Nepal para socorrer as vítimas do terremoto de 25 de abril, informou o site governista Cubadebate.cu.
"A brigada, formada por 49 profissionais de diferentes especialidades, entre eles 22 médicos especialistas, enfrentará doenças existentes e outras que aumentam e brotam do processo normal após um desastre natural de tanta magnitude", afirmou o chefe da brigada, o médico Luis Oliveros.
"Muitos têm experiência, outros enfrentam pela primeira vez uma situação como esta, mas a brigada está muito feliz e comprometida com a missão que vamos cumprir", disse.
Os médicos formam parte do Contingente médico "Henry Reeve", especializado em desastres naturais e situações de emergência, cuja atuação mais recente foi em três países africanos combatendo o Ebola.
O centro hospitalar de campanha que os cubanos estabelecerão em zonas afetadas pelo terremoto "incluirá serviços de uma unidade cirúrgica, esterilização, unidade de cuidados intensivos, possibilidade de diagnósticos (que inclui raio-x, laboratório semiautomatizado e ultrassom), assim como áreas de consulta e reabilitação", explicou o Cubadebate.cu.
Segundo o último balanço oficial, o terremoto que alcançou 7,8 graus de magnitude deixou mais de 7.500 mortos e quase 15.000 feridos.