15 de maio de 2015

Comandante número dois do Estado Islâmico morre em ataque dos EUA ao Iraque




Abu Alaa al-Afari, comandante do Estado Islâmico
Abdul Rahman Mustafa Mohammed, chefão número dois do Estado Islâmico, foi morto em um ataque feito pela aviação dos Estados Unidos.
O anúncio da morte de Mustafa Mohammed foi dada pelo ministério da Defesa do Iraque.
Conhecido como Abu Alaa al-Afari, o comandante islamista morreu no ataque feito através de drones e que tinha como alvo uma mesquita na localidade de al-Iyadhiya.
O general Tahsin Ibrahim, porta-voz do governo iraquiano, informou que outros militantes que participavam da reunião na mesquita também morreram.
Há uma semana, o Departamento de Estado norte-americano ofereceu uma recompensa até sete milhões de dólares (6,2 milhões de euros) por informação fidedigna que permitisse a localização e captura de al-Afari.
O Estado Islâmico tem aterrorizado civis em diversos países, principalmente na Síria e no Iraque, mas desejar a morte de seus comandantes e militantes não é a melhor forma de buscar resolver o problema
Milhares de pessoas, inclusive muitos cristãos, estão sofrendo com as barbáries do grupo, mas a Igreja de Cristo deve permanecer em oração, pedindo que Deus olhe por cada um.