11 de abril de 2015

PL que regulamenta atividade religiosa será reescrito




PL que regulamenta atividade religiosa será reescrito


Telmário Mota (PDT) afirma que o projeto foi elaborado para dar reconhecimento às atividades missionárias no Brasil

Após a publicação da reportagem “Projeto regulamenta atividade religiosa; lei impediria até Jesus de pregar no Brasil”, o senador Telmário Mota informou que irá reescrever o projeto de Lei de sua autoria que visa regulamentar a atividade religiosa no Brasil.
A redação do projeto 123/2015 estabelecia que qualquer ministro religioso – o que incluía pastores e padres – deveria ter no mínimo o ensino fundamental para exercer suas funções. A medida impossibilitaria o ministério de religiosos humildes em regiões mais afastadas.
Quando soube do teor do projeto, o senador Magno Malta reagiu: “E como fica aquele pastor humilde que vive no interior do Amazonas, em uma região onde nem sequer existe escola, mas que conduz uma igreja grande, onde prega há 20 anos?”, questionou.
De acordo com o Guia-me, o autor da proposta afirmou que o projeto será reescrito com abertura ao diálogo com representantes evangélicos. O senador de Roraima reconheceu alguns problemas na redação do projeto e decidiu por sua reformulação.
A atitude foi celebrada pelo senador Magno Malta e líderes evangélicos que elogiaram Telmário por sua pronta resposta e atitude humilde em reconhecer os problemas.
A assessoria do senador Telmário Mota também entrou em contato com o Gospel Prime para esclarecer a finalidade e o conteúdo proposto pelo projeto.
Em essência, o senador afirmou que o projeto tem como finalidade prover e garantir direitos como o de aposentadoria aos ministros religiosos e missionários. Telmário Mota se apresentou como amigo da comunidade evangélica.