11 de abril de 2015

Mais 30 pessoas, incluindo crianças, são executadas pelo Estado Islâmico na Síria




Mais 30 pessoas, incluindo crianças, são executadas pelo Estado Islâmico na Síria

Terrorismo islâmico: ´Executaram a tiros, queimaram e decapitaram´, disse o diretor do Observatório Sírio dos Direitos Humanos
Nesta terça-feira (31), o Estado Islâmico executou pelo menos mais 30 pessoas em ataque na província de Hama, no centro da Síria.
Entre as vítimas estão também algumas crianças. As informações sobre o atentado são do Observatório Sírio dos Direitos Humanos.
“O Estado Islâmico fez hoje um ataque contra a localidade de Majaoubé, onde vivem sunitas, alauitas e ismaelitas. Executaram a tiros, queimaram e decapitaram pelo menos 30 pessoas, entre elas mulheres e crianças”, disse Rami Abdel Rahmane, diretor do OSDH.
Os jihadistas têm espalhado terror entre as famílias sírias. Muitas delas já abandonaram suas casas, fugiram e hoje vivem como refugiados em algum canto do mundo.
Muitas famílias cristãs sírias, que são um dos principais alvos do Estado Islâmico, vieram em busca de abrigo no Brasil e entraram no Programa Refugiados, da Missão em Apoio à Igreja Sofredora (MAIS).
Nesta semana, uma foto que mostra a realidade da violência na Síria comoveu os internautas. Uma criança confundiu uma câmera fotográfica com uma arma e ergueu as mãos se rendendo na hora do flash.
Muitas organizações têm se dedicado em campanhas de oração em favor das milhares de pessoas que são reféns da guerra na Síria.