17 de março de 2015

Sala de igreja vira posto de saúde no ES




Sala de igreja vira posto de saúde no ES

Entrega do posto está atrasada em um ano e a população não tem onde ser atendida
Uma igreja evangélica no bairro de Burarama, em Cachoeiro de Itapemirim (ES), cedeu uma de suas salas para funcionamento do posto de saúde que deveria atender seis comunidades, mas está em obras.
A reforma do posto de saúde do bairro está atrasada, era para ser entregue no começo de 2014 e não aconteceu. Para não deixar os pacientes sem atendimento, a igreja cedeu a sala e é ali que os atendimentos médicos acontecem.
O espaço é pequeno e foi dividido por armários para caber a recepção, a sala do médico, a farmácia, a enfermaria e a sala de vacina. “Não fica adequado, o atendimento não tem como ser de qualidade, por mais que as pessoas que estejam aqui se esforcem para isso”, reclama a professora Daniela Gava.
A dona de casa Elisângela de Moraes também cobra agilidade da prefeitura. “Não pode fazer um curativo, não pode fazer um preventivo, a vacina vem e vai embora no mesmo dia, porque não tem lugar permanecer”.
O posto de Burarama entrou em reforma em setembro de 2013 e a previsão era que ele voltaria a funcionar em março de 2014. “O posto era excelente. Só faltava uma ‘reformazinha’, mas do jeito que estava, eu acho que já era suficiente para a comunidade. Aí começaram a fazer essa obra, já tem dois anos, e não foi terminada”, disse a dona de casa Lúcia Dardengo.
O custo total da obra estava orçado em R$ 300 mil, a prefeitura disse à TV Gazeta Sul que o posto deve ser entregue em abril, justificando que precisou de aditivos durante o ano passado para dar continuidade a obra.