2 de março de 2015

Incêndios florestais que avançam na Argentina são intencionais


Incêndios florestais que avançam na Argentina são intencionais

Incêndios afetam mais de 20 mil hectares de floresta na Patagônia

Os incêndios florestais que afetam mais de 20 mil hectares de floresta nativa na Patagônia (sul da Argentina) foram iniciados intencionalmente para fins de exploração imobiliária, informou nesta segunda-feira (2) o chefe de gabinete Aníbal Fernández.
"Todos os incêndios foram provocados, e a motivação é imobiliária", declarou o ministro da presidente Cristina Kirchner.
Cinco incêndios continuam avançando, apesar de alguns deles terem sido controlados, na região andina, zona turística e de floresta nativa, no sopé da Cordilheira dos Andes, na província de Chubut, 1.600 km ao sudoeste de Buenos Aires.
Mais de 400 bombeiros conseguiram controlar no domingo o incêndio no Parque Nacional Lago Puelo, uma área que tem uma das mais belas paisagens.
"Podemos dizer que o fogo no Lago Puelo é intencional, como no Lago Currumahuida. Fizemos incursões e encontramos duas motos usadas pelos criminosos", indicou em coletiva de imprensa o governador de Chubut, Martin Buzzi.
Outro foco de incêndio perto da turística Bariloche foi controlado no domingo no Lago Cholila.