27 de fevereiro de 2015

Passageira morre e avião faz pouso de emergência em aeroporto de BH


Passageira morre e avião faz pouso de emergência em aeroporto de BH


Mulher de 38 anos viajava com os três filhos para Fortaleza

Uma passageira morreu em um voo da Avianca que fazia a rota Guarulhos-Fortaleza e o piloto fez um pouso de emergência no Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. De acordo com a companhia aérea, a mulher, de 38 anos, viajava com três filhos e passou mal no avião.
O voo saiu de Guarulhos às 7h com destino à capital do Ceará, mas o piloto decidiu desembarcar em Confins por causa do incidente. Segundo a Avianca, ainda não há informações oficiais sobre o que a passageira sentiu, mas ela morreu antes do pouso.
Ao receber as informações das comissárias de bordo, o comandante do voo pousou às 8h45 no aeroporto da Grande BH, onde a Polícia Federal assumiu o caso. Peritos recolheram o corpo na aeronave e encaminharam ao Instituto Médico Legal (IML) de Belo Horizonte.
Equipes da Avianca saíram de São Paulo para a capital mineira para dar assistência no caso. Os três menores estão sob responsabilidade da companhia aérea acompanhados de um psicólogo no Juizado da Infância e da Juventude, em Confins.
São duas meninas, de 4 e 14 anos, além do menino de 12 anos. O órgão entrou em contato com o Juizado do aeroporto de Fortaleza, onde a família tem parentes, para acompanhar o caso. Passageiros que estavam no avião onde a mulher morreu seguiram viagem em outro voo da Avianca às 10h. Segundo o Juizado, a família estava de mudança para o Ceará.