20 de janeiro de 2015

Cristãos uzbeques vivem a dura escolha entre manter a fé ou o emprego

        Professora recebe um ultimato: nega sua fé em Cristo Jesus ou será demitida

Nos últimos meses, aconteceram pelo menos quatro casos de batidas policiais em apartamentos e casas de cristãos em diferentes partes do Uzbequistão. Quando não são confrontados por possuir materiais bíblicos, os cristãos uzbeques são pressionados a negar sua fé.
Ore pela irmã Leila*, membro de uma igreja secreta em uma aldeia no Uzbequistão. Ela trabalha como professora em uma Escola Estadual de Ensino Fundamental e, recentemente, foi advertida pelo diretor do colégio. 
Ele alegou que tinha conhecimento de sua fé e "envolvimento em atividades de uma seita cristã”. Leila recebeu um ultimato: caso se recuse a negar sua fé, ela será demitida.
Interceda por Leila, para que ela tenha sabedoria do Senhor para resolver essa situação, uma vez que ela não quer parar de praticar a sua fé, mas também não pode perder o emprego.