21 de maio de 2013

Vai a 91 o nº de mortos após tornado devastar região de Oklahoma City


O número de mortos provocados pela passagem devastadora de um grande tornado nesta segunda-feira (20), nos arredores de Oklahoma City, nosEstados Unidos, chegou a 91, informou a porta-voz do Centro Médico de Oklahoma City, Amy Elliot.
Entre os mortos, há pelo menos 20 crianças, a maioria de menos de 12 anos.
De acordo com Amy Elliot, outras 145 pessoas, dentre elas 70 crianças, se feriram e foram levadas para dois hospitais locais.
Ainda segundo Amy, o número de mortos não é definitivo e pode aumentar, pois há feridos em estado grave e há desaparecidos entre escombros espalhados por toda a região, especialmente em Moore, próximo a Oklahoma City.
O fenômeno destruiu duas escolas e centenas de casas, segundo as autoridades locais.
Estado de emergência
O presidente dos EUA, Barack Obama, declarou estado de emergência na região, o que abre a possibilidade de envio de ajuda federal aos condados afetados de Cleveland, Lincoln, McClain, Oklahoma e Pottawatomie.
Obama também ordenou que cerca de 200 integrantes de equipes de emergência federais se unam às operações de resgate em Oklahoma, informou a BBC.
O presidente deve falar sobre o incidente em pronunciamento às 11h de Brasília.
Imagens aéreas mostram o estrago causado pelo tornado que passou por Moore, em Oklahoma, nos Estados Unidos. (Foto: Steve Gooch/AP)Tornado deixou um rastro de destruição na região. (Foto: Steve Gooch /AP Photo)
Uma das escolas atingidas foi a Briarwood Elementary School, que foi totalmente destruída pelos ventos e pela colisão de carros arremessados pelo tornado para cima do imóvel.
De acordo com a imprensa local, algumas crianças foram resgatadas, mas possivelmente muitas mais delas continuam sob os escombros.
Equipes de resgate seguem no local tentando localizar vítimas entre as ruínas das escolas.
 A tormenta devastou a região, arrancando casas, levantando automóveis, e deixou um rastro de destroços em toda a região e um prédio em chamas.O serviço meteorológico nacional classificou a força do tornado como EF-4 na escala de magnitude dos fenômenos, o que significa que ele teve ventos entre 260 e 320 quilômetros por hora, mais forte que um furacão de categoria cinco.
O fenômeno durou aproximadamente 40 minutos e percorreu 32 quilômetros entre Newcastle e Moore.
"Eu nunca vi nada como isso em meus 18 anos cobrindo tornados aqui em Oklahoma City. Este é sem dúvida o mais horrível", disse o repórter Lance Oeste, da rede de TV KFOR.
"O tornado sobre o terreno neste momento é enorme e atingiu áreas populosas", disse a governadora de Oklahoma, Mary Fallin, à CNN. Ela afirmou que é cedo para avaliar os estragos, mas as TVs mostraram ao vivo uma vasta destruição.
Brynn Kerr, do Serviço Nacional de Meteorologia, disse que um alerta de tornado foi emitido para dois condados na região central de Oklahoma. "Parece que o nosso pior medo se materializou hoje", disse o meteorologista Bill Bunting, em Norman, Oklahoma.
Menino é retirado de escombros de uma parede que ruiu na escola primária Plaza Towers em Oklahoma City após a passagem do tornado. (Foto: Sue Ogrocki/AP)Menino é retirado de escombros da escola primária Plaza Towers em Oklahoma City. (Foto: Sue Ogrocki / AP Photo)
"Sabemos que há um grande número de feridos. Sabemos que perdemos muitas infraestruturas nesta comunidade e em todo o estado", disse a governadora de Oklahoma, Mary Fallin.
"Há muitas medidas de segurança, tubulações de gás, cabos de energia elétrica que devemos revisar, mas não podemos fazer muito no momento", explicou o chefe de polícia Jerry Sillings, em uma referência às dificuldades das equipes de emergência de trabalhar no escuro.
Sobrevoando a área de helicóptero, as câmeras da KFOR capturaram cenas de destruição em Moore, com carros empilhados e casas destelhadas, assim como pessoas caminhando entre os escombros.O prefeito de Oklahoma City, Mick Cornett, disse que as primeiras equipes de emergência foram mobilizadas e que o Estado e a Guarda Nacional participarão no resgate.
O centro médico de Moore foi evacuado, e todos os pacientes levados para outros hospitais.
Abrigos de emergência foram criados em Oklahoma City, em especial nas igrejas.
O tornado de Moore parecia ameaçar a localidade de Meeker, aos sul de Oklahoma City. Novos alertas de fortes ventos foram emitidos em Oklahoma e no estado vizinho do Texas.
Vale do Tornado
Oklahoma City se encontra dentro do chamado "Vale do Tornado", que vai da Dakota do Sul até o centro do Texas, região particularmente vulnerável. Na última quinta-feira, dez tornados passaram pelo Texas, matando pelo menos seis pessoas, e ferindo dezenas.
No domingo, um poderoso sistema de tempestade deslizou pelo Meio-Oeste americano, espalhando tornados por Iowa, Kansas e Oklahoma. De acordo com a imprensa local, casas foram destruídas, e pelo menos duas pessoas morreram.
Em Shawnee, um tornado alcançou um grupo de casas pré-fabricadas, deixando pelo menos um morto, segundo a FOX TV.
No domingo, foi declarado estado de emergência em 16 condados de Oklahoma.
Na quinta-feira da semana passada, 10 tornados afetaram o Texas e mataram seis pessoas.
A cidade de Moore já havia sido destruída parcialmente em maio de 1999, quando um tornado matou 41 pessoas.