16 de maio de 2013


Pintor é preso com 22 pedras de crack amarradas ao pênis em SP


Um pintor de 28 anos foi preso em flagrante na noite de terça-feira, em Ribeirão Preto, a 313 quilômetros de São Paulo, suspeito de tráfico de drogas. Segundo a Polícia Militar, o homem levava 22 pedras de crack em um saco plástico amarrado a seu pênis, sob a bermuda.
Policiais militares faziam ronda pela rua Antônio Carlos da Silva, no bairro Eugênio Mendes Lopes, na zona oeste da cidade, quando desconfiaram das "atitudes suspeitas" do pintor. Durante revista pessoal, os policiais encontraram a droga dentro da bermuda do homem.
O suspeito afirmou que havia acabado de comprar a droga por R$ 100, e pretendia vender cada pedra de crack a R$ 5. Além da droga, os policiais apreenderam R$ 3. O suspeito foi preso em flagrante e encaminhado ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Ribeirão Preto