23 de maio de 2013

Mulher é estuprada por falso mecânico após carro quebrar na marginal Tietê


Uma psicóloga foi estuprada após o carro dela quebrar na marginal Tietê, na noite desta quarta-feira (22).
Por volta das 19h, a mulher, de 34 anos, trafegava pela via quando o veículo quebrou e ela encostou em um canteiro no trecho entre a avenida do Estado e a marginal Tietê. O local escuro, de pouco movimento, fica embaixo da ponte Governador Orestes Quércia, no bairro Bom Retiro.
Uma equipe da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) esteve no local e ajudou a encostar o carro. Ela disse que já havia chamado o guincho. Eles avisaram para ela ficar dentro do veículo e foram embora.
Antes da chegada do guincho, a psicóloga saiu do carro e foi abordada por um homem. Ele se apresentou como mecânico e se ofereceu para ajudar. Logo ele levou a mulher para trás do muro e a estuprou.
Depois que o criminoso fugiu, a mulher pediu ajuda a um motorista que passava pelo local. Eles foram até uma base da GCM (Guarda Civil Metropolitana) que passava pelo local. Em seguida, a vítima foi levada ao hospital. No terreno, havia uma tesoura e ao lado, algumas roupas. O agressor não foi encontrado. O caso foi encaminhado ao 2° Distrito Policial, do Bom Retiro.