18 de maio de 2013


Mãe tem perna amputada duas semanas após acidente com lancha que dizimou sua família

Os outros três filhos ainda se recuperam, enquanto a mãe teve a perna amputada


A triste história dos Milligan — formada pelos pais e quatro filhos — ganhou destaque no Reino Unido, no início deste mês, após os seis membros da família caírem no mar durante um passeio de lancha no balneário de Padstow, no sudoeste da Inglaterra: o pai e uma filha morreram dilacerados pela hélice do barco, enquanto os demais sofreram graves ferimentos.

Nesta semana, a imprensa local confirmou que Victoria, mãe dos pequenos, teve a perna amputada duas semanas após o acidente. Saiba mais sobre a história a seguir
O executivo de TV Nick Milligan, de 51 anos, e sua mulher Victoria estavam de férias com seus quatro filhos em Padstown, na Inglaterra, quando a lancha em que passeavam perdeu o controle, os jogou na água e os atropelou, passando com a hélice por cima do grupo.

No acidente, ocorrido há 15 dias, morreram o pai e uma das filhas, Emily, de oito anos.

Reportagem publicada nesta sexta-feira (17) pelo tabloide Daily Mail revelou que o motor poderia ter sido desligado antes se um cabo de segurança estivesse sendo usado no momento do acidente, o que não aconteceu. 

O dispositivo deve ser atado à perna do piloto da lancha. No caso de um acidente, quando ele é lançado para fora da embarcação, a corda puxa a chave da ignição, desligando o motor
Ao avistar o acidente, uma testemunha pulou na água para desligar o motor do barco. Amber, de 12 anos, e Olivia, de 10, conseguiram escapar com cortes e já tiveram alta do hospital.

Victoria e Kit, no entanto, tiveram de ser transferidos para um hospital de Londres. O menino está respondendo bem ao tratamento, mas terá de passar por mais uma cirurgia.
egundo fontes locais, a lancha estaria executando várias manobras perigosas quando virou, derrubando o grupo na água. 

Ainda ligada e em alta velocidade, a embarcação, de acordo com o publicado, passou por cima da família “diversas vezes, causando mortes e ferimentos”
egundo fontes locais, a lancha estaria executando várias manobras perigosas quando virou, derrubando o grupo na água. 

Ainda ligada e em alta velocidade, a embarcação, de acordo com o publicado, passou por cima da família “diversas vezes, causando mortes e ferimentos”
Os seis membros da família foram atingidos pela hélice de potência de 300 cavalos-vapor, a apenas 700 m da praia.

Turistas que estavam na areia na hora do acidente assistiram a tudo horrorizados, e descreveram que a hélice da lancha “mutilou a família, deixando a água do mar vermelha de sangue”
A família era proprietária de uma casa de veraneio em Trebetherick, perto de onde aconteceu o acidente.

Victoria Milligan, a mãe, agora se recupera da amputação e aguarda para saber se os médicos conseguirão salvar a perna severamente mutilada de seu filho Kit