25 de maio de 2013

Internautas acreditam que gravação de diálogos eróticos do pastor Marcos Pereira divulgada pela Polícia foi forjada


A divulgação do áudio dasescutas autorizadas pela Justiça durante as investigações contra o pastor Marcos Pereira, da Assembleia de Deus dos Últimos Dias (ADUD) causou grande repercussão no meio evangélico.
Nas redes sociais, muitos fiéis colocaram em cheque a autenticidade do áudio obtido pelo jornal Extra, dizendo que poderia tratar-se de montagem. A gravação mostra Marcos Pereira num diálogo chulo e explícito sobre sexo com uma mulher, que supostamente seria casada.
Alguns chegaram a especular que a TV Globo fosse responsável pela suposta falsificação de evidência, repercutindo a teoria do deputado estadual Paulo Ramos (PDT), que atribui às Organizações Globo a orquestração da prisão do pastor.
“Será que é ele mesmo? A Globo tem tecnologia pra isso, para forjar uma falsa gravação. Para eu acreditar, só se a pericia disser que é ele. Se for ele, infelizmente ele pecou e feio”, escreveu o usuário identificado como Loct Façanha. A tese apresentada pelo leitor foi logo rebatida pela internauta Val Christie Bertorelli: “Eu sou cristã, e acho que a gente tem que ter senso que pastor também peca… Quando aparecem gravações dos inúmeros corruptos do nosso país a gente não fica tentando defender. Não podemos julgar mesmo não, pois pode sim ser falcatrua, mas também não podemos nos cegar colocando defeito em tudo. De manhã só acreditavam com áudio, agora só acredita com perícia no áudio… Pessoas pecam o tempo todo. Ele é pastor, não é Deus… é homem igual a nós!”, escreveu, fazendo referência à reportagem que revelou a divulgação da transcrição da conversa.
“É incrível como os evangélicos se dão importância. Aonde é que a Globo vai colocar em cheque todo o prestígio internacional que tem só pra forjar uma gravação ridícula dessas? A questão é que nesse caso não há nenhum indício de estupro. A mulherzinha vulgar tá [...] e por dinheiro. Não existe nenhum crime nisso! [...] Só não consigo entender como que passando o rodo geral, mesmo assim esse cara ainda tem tanta ‘unção’!”, ironizou o internauta José Araújo.
A ponderação de que o pecado é um risco iminente a todos também foi feita pela leitora Ingrid Chaunaias Chiriú, que ressaltou o perdão oferecido por Deus aos arrependidos: “Grandes homens levantados por Deus pecaram na história bíblica, assim como o rei Davi, Sansão e outros mais. Deus nunca deixou de cobrar, teve suas consequências, mas também a misericórdia de Deus pra quem se arrependeu. Todo homem é falho e os que buscam são mais perseguidos por deixarem brechas em suas vidas espirituais, mas deixemos que nosso todo poderoso Pai julgue”.
A leitora Ariane Amaral porém, se manteve irredutível em seu ponto de vista: “Montagem descarada, e ainda tem besta que cai”, disse demonstrando indignação. Esse ponto de vista, aliás, foi amplamente compartilhado: “Com o devido respeito a todos que ouviram e leram esse artigo, eu tenho por direito me expressar de maneira bem ostil [...] Não há seriedade em alguém que se propõe a publicar e difamar alguém assim. Disseram que o meu direito termina onde começa o do meu próximo ,então vai ai meu protesto indignado e cada dia mais decepcionado com esses que se dispõem a serviço do inferno e seus demônios”, protestou o leitor Rodrigo dos Santos Ferreira.
O comentário, no entanto, foi ironizado por outro leitor, Joel Aguiar: “Claro, a Justiça e a polícia estão com o demônio no corpo… Ele é um santo. Qualquer pessoa que se opor estará a serviço do diabo? Cai na real”, escreveu.
“Isaias 56:11 ‘E estes cães são gulosos, nunca se podem fartar; e eles são pastores que nada compreendem; Todos eles se tornam para o seu caminho, cada um para a sua ganância, todos sem exceção’. Todos os pastores, sem exceção. Ou o profeta escreveu tolices? Por isso não sigamos a homens; O Senhor é meu pastor!”, resumiu o internauta Rico.