23 de maio de 2013

Igrejas se unem para abrigar e confortar feridos no tornado de Oklahoma


Igrejas se unem para abrigar e confortar feridos no tornado de Oklahoma
Apesar de esperado, o tornado que atingiu Oklahoma City, nos Estados Unidos, causou muito mais devastação que o previsto. Por isso, igrejas da cidade abriram suas portas para dar conforto e abrigo para os necessitados após ventos de até 320 km/h assolarem a cidade na noite desta segunda-feira, 20.

A população de Oklahoma City é de maioria cristã e muitas igrejas se dispuseram a funcionar para receber a população juntamente com equipes do governo federal e outras organizações sociais de voluntários.

A igreja de Cristo Oakcrest já funcionava como abrigo temporário para vítimas de uma tempestade no início do ano e novamente está servindo como refúgio para desabrigados. Christyann Anderson, assistente do pastor da igreja, afirma que a comunidade está doando mantimentos, roupas e itens de higiene pessoal aos feridos e desabrigados.

A igreja Vida Bíblia abriga pessoas que não puderam chegar em suas casas devido aos ventos forte. “Vamos receber as pessoas no Chick-fil-a (restaurante) em Morre e dar carona para o abrigo. Conselheiros estarão disponíveis na igreja”, tuitou o pastor Jayson John.

A Assembleia de Deus Crossroads divulgou em seu site e redes sociais uma nota de luto em solidariedade a todos que sofreram com a tragédia. “Em meio à tragédia, damos graças ao Senhor pelas vida que foram salvas e continuamos orando por todos aqueles que estão desaparecidos. Temos muitas famílias de nossa igreja que sofreram uma perda extrema, por isso, essa é uma oportunidade de nos unirmos como uma família e também abraçar a cidade”, dizia o anúncio assinado pelo pastor Ted, líder da igreja.

Outras entidades cristãs experientes em dar atenção a vítimas de catástrofes se mobilizaram para ajudar os necessitados. A Samaritan’s Purse, que faz parte da associação de Billy Graham, se aliou a outras sete igrejas e está distribuindo através de voluntários alimentos, roupas e também ajuda espiritual.

“Nossos corações estão partidos com o que aconteceu. Por favor, orem continuamente para todos aqueles que perderam seus entes queridos e para os que ainda estão desaparecidos sob os escombros”, disse Jack Munday, diretor de emergências da organização.

O tornado durou cerca de 40 minutos e atingiu um perímetro de 32 km, entre as cidades de Newcastle e Morre. Até agora foram confirmadas 24 mortes, sendo nove crianças e mais de 200 feridos.