25 de maio de 2013

Combates no Líbano entre grupos anti e pró-Assad matam 28 em 6 dias


Pelo menos 28 pessoas morreram em seis dias em meio aos combates entre sunitas e alauítas em Tripoli, no norte doLíbano, afirmou neste sábado (25) uma fonte da segurança libanesa.
No total, 204 pessoas ficaram feridas nos confrontos, os mais mortais em anos, opondo os habitantes do bairro sunita de Bab el-Tebbaneh, favoráveis aos rebeldes sírios, aos do bairro alauita de Jabal Mohsen, que apoiam o regime de Damasco.
Quatro moradores de Bab al-Tebbaneh morreram nesta madrugada, enquanto uma pessoa foi morta em Jabal Mohsen, informou a fonte.
Como de costume, depois de uma noite de violência, os combates diminuíram ao amanhecer, e apenas atiradores emboscados permaneciam em ação na manhã deste sábado.
Foguetes RPG, morteiros e armas automáticas são utilizadas nos confrontos, que começaram no domingo passado, na segunda maior cidade do Líbano.
O dia mais violento foi na quinta-feira, com 11 mortos.