19 de maio de 2013

ASSENTO INFANTIL PARA AUTOMÓVEIS

Os acidentes de automóveis são a principal causa de mortes associadas a lesões não intencionais em crianças de 5 a 15 anos de idade nos Estados Unidos.
Em alguns trabalhos, até 90% dos assentos de automóveis para crianças são posicionados inadequadamente.
Assentos infantis adequadamente utilizados podem reduzir o risco de morte em acidentes em até 71% para crianças.
Assentos infantis e o cinto de segurança podem ajudar a reduzir o risco de morte ou lesão em até 60%. As crianças podem sofrer lesões se estiverem com o cinto de segurança inadequadamente colocado, ou se estiverem muito próximas do painel do carro, especialmente quando o carro dispõe de air bags. O mais seguro é que qualquer criança com menos de 12 anos de idade seja sempre colocada no banco traseiro.
Escolhendo o assento adequado
O assentos tipo "bebê-conforto", de maneira geral, protegem crianças com peso abaixo de 9 quilos e com menos de 1 ano de idade. Este tipo de assento é fixado no carro através do cinto de segurança do veículo, no banco traseiro, e é posicionado de frente para o pára-brisas traseiro, isto é, a criança fica olhando para o porta-malas do automóvel. Este tipo de assento, quando adequadamente utilizado, ajuda a proteger a cabeça, pescoço e costas da criança.
Os assentos para crianças tipo "cadeirinha" também são fixados no carro pelo cinto de segurança do veículo no banco traseiro, mas são posicionados voltados para frente do carro. Estes assentos são destinados a crianças que já conseguem sentar sozinhas, têm pelo menos 1 ano de idade e devem ser utilizados até que a criança atinja os 4 anos de idade e pese no mínimo 18 quilos.
Assentos conversíveis podem ser utilizados reclinados, voltados para o pára-brisa traseiro com as alças do cinto de segurança do assento colocadas nas aberturas inferiores e, mais tarde, ser fixados na posição sentada, voltados para frente e com as alças do cinto de segurança colocadas nas aberturas mais altas. Este tipo de assento pode ser utilizado do nascimento até os 4 anos ou até que a criança atinja os 18 quilos.
Assentos de transição (booster seats) são destinados a crianças dos 4 aos 8 anos de idade, com mais de 18 quilos, e que já não cabem mais nas suas cadeiras. A criança já está muito grande para sua cadeira quando seus ombros estão mais altos do que a abertura mais alta para o cinto de segurança ou quando suas orelhas já ficam acima do encosto do assento.
Seis passos que podem salvar a vida do seu filho
1.Instale o assento com firmeza, de acordo com as instruções do assento e do manual do carro.
Instale o assento com firmeza
O assento deve ficar firmemente preso ao banco traseiro do carro e não deve mover mais do que 2 cm para frente ou para cada lado.
Nem todos os assentos adaptam-se bem a todos os veículos. Experimente antes de comprar, com seu filho sentado nele.
Leia com atenção o manual do carro e do assento sobre limitações de uso do assento ou dos cintos de segurança.
2.Coloque seu filho posicionado na direção correta para a sua idade.
Coloque seu filho posicionado na direção correta
A criança deve sentar virada para a traseira do veículo até que tenha no mínimo 1 ano de idade e pese pelo menos 9 quilos. Se ela alcançar o peso muito antes de alcançar a idade, utilize um assento de conversível, voltado para trás, até que ela complete 1 ano.
3.Use o cinto de segurança do assento da maneira correta.
Use o cinto de segurança do assento da maneira correta
Como regra geral, use a abertura mais baixa que o ombro para ajustar o cinto de segurança do assento quando este for utilizado voltado para a traseira do veículo, e a abertura mais alta do que o ombro quando o assento for utilizado voltado para frente. (Nunca deixe de ler as instruções do fabricante do assento com toda a atenção).
A fivela peitoral deve ser posicionada na altura das axilas da criança para impedir que as alças do cinto de segurança escapem dos ombros.
O cinto deve ficar bem ajustado contra o corpo da criança. A folga entre o tórax e o cinto de segurança deve permitir a passagem de não mais do que um dedo.
4.Use o assento de transição corretamente.
Use o assento de transição corretamente
Assento de transição
Use assento de transição até que o seu filho possa sentar, preso pelo cinto de segurança, com suas costas contra o encosto do banco e com seus joelhos na borda do banco. É recomendado usar o assento de transição até a idade de 8 anos.
Assentos que utilizam somente o cinto abdominal não são seguros para crianças com menos de 18 quilos.
5.Coloque seu filho sempre no banco traseiro do carro.
Coloque seu filho sempre no banco traseiro do carro
Nunca coloque um assento voltado para trás no banco da frente de automóvel equipado com "air bag" no lado do passageiro. A força do "air bag" ao abrir já lesionou e matou várias crianças.
Se por alguma razão não contornável, uma criança mais velha precisa trafegar no banco da frente de um carro com "air bag" no lado do passageiro, mova o banco do carro o mais para trás possível e coloque o cinto de segurança na criança adequadamente.
A faixa abdominal do cinto de segurança deve ser usada baixa e cruzando os quadris, apoiando-se na parte superior das coxas. Isto também se aplica às gestantes. A faixa torácica do cinto deve sempre ser utilizada sobre o tórax, nunca atrás das costas ou no braço.
6.Leia e substitua.
Leia e guarde as instruções do assento do seu filho. As instruções deverão ser lidas novamente, pois mudam conforme a faixa etária.
Substitua o assento sempre que houver um acidente, havendo ou não dano aparente ao assento.
Substitua os assentos com mais de 10 anos.
Não confie somente no cartão de registro do assento para ser informado sobre problemas de fabricação, pois eles raramente são respeitados fora dos Estados Unidos.