12 de abril de 2013


Passageiro cai de trem superlotado na SuperVia na manhã desta sexta

Trens apresentam atrasos de 30 minutos em todos os ramais nesta manhã.
Trem da concessionária descarrila pela terceira vez no mês.

Plataforma lotada e fila na estação de trem de São Cristóvão da SuperVia, no Rio de Janeiro, nesta sexta-feira (12). Os trens apresentam nesta manhã atrasos de 30 minutos. Na noite de quinta (11), um trem descarrilou com cerca de 400 passageiros.  (Foto: Ale Silva/Futura Press/Estadão Conteúdo)


Um homem caiu de um trem superlotado da SuperVia na manhã desta sexta-feira (12), entre as estações de Deodoro e Vila Militar, segundo informações da concessionária. Até as 8h50, não havia informações sobre o estado de saúde da vítima.

Desde o início da manhã, os trens apresentam atrasos de 30 minutos em todos os ramais de Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, Belford Roxo, na Baixada, Deodoro, no Subúrbio, Japeri e Saracuruna, também na Baixada. Na noite de quinta-feira (11), um trem com destino a Santa Cruz descarrilou com cerca de 400 passageiros. O Corpo de Bombeiros foi acionado e não houve feridos.
Por volta das 6h50, técnicos trabalhavam para liberar a linha onde ocorreu um descarrilamento na noite de quinta, nas proximidades da estação Central do Brasil.
De acordo com a Supervia, a estação Praça da Bandeira estava fechada para embarque e desembarque e as partidas da estação Deodoro ficaram temporariamente suspensas em torno de 6h50.
Ainda conforme a Supervia, os trens paradores que partem das estações Bangu e Campo Grande seguiam até a estação São Cristóvão, e os passageiros que desejavam seguir até a estação Central do Brasil deveriam fazer transferência. Os passageiros foram informados sobre a circulação por meio do sistema de áudios das estações.
Trem descarrilado
Um trem que seguia da Central do Brasil para Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio, descarrilou quando estava a aproximadamente 700 metros da estação Central do Brasil, no Centro, em torno de 21h50 desta quinta-feira (11). Esta foi a terceira vez que um trem da SuperVia descarrila no mês. As informações foram confirmadas pela SuperVia, concessionária que administra o transporte.
Bombeiros do quartel Central foram para o local, mas segundo a SuperVia, não houve feridos. Segundo a concessionária, os passageiros foram informados do ocorrido por sistema de áudio e, com auxílio dos agentes da empresa desembarcaram na via e prosseguiram até a plataforma da Central do Brasil, onde seguiram viagem em outras composições.
Após o decarrilamento, o equipamento que faz a ligação entre o trem e a rede aérea foi danificado e sofreu curto de energia. Em função do ocorrido, às 23h15, trens dos ramais Japeri e Santa Cruz estavam circulando com intervalos irregulares. Técnicos da SuperVia já estavam no local para fazer os devidos reparos e liberar a linha.
Bombeiros foram acionados para o acidente com trem (Foto: Guilherme Vizane/TV Globo)