25 de abril de 2013

NOTICIA DO BRASIL E DO MUNDO


Atirador misterioso impede assalto nos Jardins, bairro nobre de São Paulo

    Um suspeito foi baleado durante uma tentativa de assalto nos Jardins, na região central da capital paulista. Ele rendeu um homem no momento que ele saía de uma cafeteria. O bandido queria o celular e o relógio de luxo da vítima.

Mancando e com uma fratura no dedo da mão, um administrador de empresas chegou a delegacia onde o caso foi registrado. Ele não quis gravar entrevista, mas contou que havia acabado de sair de uma cafeteria na alameda Santos, nos Jardins, quando foi rendido.  
O bandido apontou uma arma e queria o relógio de luxo e o celular de última geração que estava na mão da vítima. O homem reagiu e começou a brigar com o suspeito. A arma de brinquedo usada pelo ladrão ficou toda quebrada.
O cruzamento onde o crime aconteceu é bastante movimentado. A vitima e o assaltante chegaram a rolar na calcada. Enquanto os dois lutavam, um homem parou um carro preto, desceu e atirou no suspeito. Mesmo ferido ele ainda atravessou a rua e caiu na calcada.
Ele levou um tiro no peito e foi levado para o hospital das clínicas onde passou por cirurgia. O atirador fugiu. Testemunhas disseram que ele pode ser um policial porque chegou a dar voz de prisão ao suspeito, que não obedeceu.  
Quem passa por essa região nobre onde o crime aconteceu reconhece a insegurança, como conta o músico Alexandre Palma.
— Eu realmente acho que aqui não é um lugar seguro, nesse local em específico porque as pessoas sempre acham que as pessoas que estão andando aqui têm dinheiro, que está carregando um celular legal, e tal.