26 de abril de 2013




Mãe de acusados de atentado de 



Boston estava em lista de terroristas

Tamerlan, acusado de ser coautor dos ataques, também estava na lista. 
Atentado na Maratona de Boston deixou três mortos e dezenas de feridos.



A russa Zubeidat Tsarnaeva, mãe dos acusados do atentado na maratona de Boston (EUA), também teve o nome incluído em um banco de dados americano sobre terroristas 18 meses antes das explosões que deixaram três mortos e dezenas de feridos em Boston.
Zubeidat Tsarnaeva (esq) estava em um banco de dados americano sobre terroristas (Foto: Musa Sadulayev/AP)Zubeidat Tsarnaeva (esq) estava em um banco de dados americano sobre terroristas (Foto: Musa Sadulayev/AP)
Dois funcionários do governo americano disseram à "Associated Press" que as agências de inteligência dos EUA acrescentaram o nome de Zubeidat em uma base de dados sobre terrorismo.
  •  
  •  
Tamerlan Tsarnaev passou seis meses na Rússia em 2012 (Foto: AP)Tamerlan Tsarnaev, suspeito de
ser coautor do atentado (Foto: AP)
Tamerlan
Na quarta-feira foi divulgado que o nome de Tamerlan Tsarnaev, acusado de ser coautor dos ataques, estava na lista.
As autoridades americanas afirmaram que a CIA (agência de inteligência do país) fez o pedido para adicionar o nome do Tamerlan depois que o governo russo entrou em contato com a agência, mostrando preocupação de que ele havia se tornado um seguidor islamismo radical.
Cerca de seis meses antes, o FBI tinha investigado separadamente Tamerlan Tsarnaev, também a pedido da Rússia, mas o FBI não encontrou vínculos dele com o terrorismo, disseram autoridades.
A revelação de que Tamerlan tinha sido incluído em um banco de dados sobre terroristas gerou críticas ao governo Obama. Congressistas da oposição têm questionado se o governo investigou adequadamente as informações passadas pela Rússia de que Tamerlan representava uma ameaça à segurança do país.
Tamerlan e seu irmão mais novo, Dzhokhar, de 19, foram acusados pelo atentado em Boston, no dia 15 de abril.