16 de março de 2013


Soyuz TMA-06M, com 3 tripulantes a bordo, aterrissa no Cazaquistão


Cápsula trouxe os russos Tarelkin e Novitski e americano Kevin Ford.
O retorno da nave foi adiado em 24 h devido às más condições do tempo.


O módulo de pouso da nave russa Soyuz TMA-06M, com três tripulantes a bordo, aterrissou com segurança na madrugada deste sábado (16) nas estepes do Cazaquistão, informou o Centro do Controle de Voos (CCVE) da Russia.
A cápsula, que trouxe de volta da Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês) os cosmonautas russos Yevgueni Tarelkin e Oleg Novitski e o astronauta americano Kevin Ford, tocou a terra à 0h06 de Brasília.
      Cosmonautas russos e astronauta americano são aquecidos por cobertores logo após pouso da Soyuz nas estepes do Cazaquistão. (Foto: Nasa TV / Reuters)
O retorno da Soyuz TMA-06M, inicialmente programado para sexta-feira (15), foi adiado em 24 horas devido às más condições do tempo.
Segundo o CCVE, os tripulantes da Soyuz suportaram perfeitamente o retorno à Terra.
O módulo de pouso aterrissou em uma zona próxima à prevista, ao norte de Arkalyk, cidade de 30 mil habitantes situada no centro do Cazaquistão.
Tarelkin, Novitski e Ford estiveram quase cinco meses a bordo da plataforma orbital, na qual permanecem outros três tripulantes: o astronauta canadense Christopher Hadfield, que ficou no comando da ISS, o russo Roman Romanenko e o americano Thomas Marshburn.
Depois que as naves americanas foram aposentadas, em 2011, as russas Soyuz são os únicos veículos usados para a substituição das tripulações da ISS.
Inicialmente, a plataforma orbital deveria fechar suas portas em 2015, mas a Rússia e os outros 15 países-membros insistiram na importância de prolongar sua vida útil, em grande parte porque sua construção ainda não foi completada.
Além da Rússia, Estados Unidos, 12 países da União Europeia (UE), Japão e Canadá participam do projeto, com um custo de US$ 100 bilhões.
'A aterrissagem foi energética e excitante'
"A aterrissagem foi energética e excitante", disse Novitskiy segundo a TV russa. A Nasa Television disse que as manobras de descida tinham sido perfeitas e que a cápsula tinha pousado ereta, praticamente no centro do alvo, apesar de um denso fog.
"Oleg Novitskiy disse para as equipes de busca e resgate que a tripulação estava se sentindo bem", disse a Nasa Television. "Tudo parece estar em ordem". Devido à visibilidade baixa, foram necessários alguns minutos para que os helicópteros com as equipes russas de busca e resgate pudessem localizar a cápsula da Soyuz depois do pouso.
Preparando-se para a partida, o astronauta canadense Chris Hadfield assumiu o comando da estação espacial na quarta-feira, tornando-se o primeiro canadense a assumir o posto.