17 de março de 2013

Parque do Xingu é retratado em exposição no Matarazzo
Iniciou início no dia 8 e segue até o dia 21 de abril, na Sala de Convivência do Centro Cultural Matarazzo, de Presidente Prudente, a exposição “Cores do Xingu”, promovida pelo Sistema Estadual de Museus de São Paulo (Sisem-SP) - órgão ligado à Secretaria de Estado da Cultura, em parceria com a Associação Cultural de Apoio ao Museu Casa de Portinari (ACAM Portinari), o Museu Índia Vanuíre, que foi quem desenvolveu esta exposição e a prefeitura local.
De acordo com a diretora do Sisem-SP, Renata Motta, o sistema tem uma linha de ação de exposições itinerantes em todo o Estado e esta é uma delas. Segundo ela, o objetivo dessa mostra é colocar o público em contato direto com as causas indígenas do Parque do Xingu (reserva situada ao norte do Estado do Mato Grosso).
Motta explica que a apresentação desse trabalho é importante porque hoje existe um campo de discussão grande a respeito das aldeias indígenas. “Através desses projetos, é possível passar para as pessoas como se deu a ocupação dos territórios desses povos, seus costumes, ritos, crenças e tradições e levá-las à reflexão sobre o assunto, sobre o que passaram e como estão hoje”, destaca.