15 de março de 2013


Missionária de 79 anos acampa no aeroporto de Porto Velho


'Sou a velhinha mais feliz do planeta terra', diz Isaura Lima.
Religiosa vai ficar em Porto Velho até o dia 25, quando seguirá para Brasília.


                                Isaura Lima Lopes com uma bíblia no Aeroporto Internacional Governador Jorge Teixeira em Porto Velho (Foto: Ivanete Damasceno / G1)


A missionária Isaura Lima Lopes, de 79 anos, está desde o dia 6 vivendo no Aeroporto Internacional Governador Jorge Teixeira, em Porto velho . A idosa se autodenomina missionária de Jesus há 60 anos e diz que não está ligada a igreja ou denominações religiosas. Em cada cidade passa 20 dias nos aeroportos. As passagens são compradas com empréstimos pagos com a aposentadoria que recebe do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).
Isaura não tem amigos, família. Foi noiva, mas não casou. "O senhor disse-me que não deixou casamento para mim. Então eu dei tchau e sou a velhinha mais feliz do planeta terra. Gosto de viver só. Gosto de não ter família”, diz, alegremente.
Reclamando do calor da cidade, Isaura conta que suas missões em aeroportos começaram  em Brasília. “O senhor Jesus me conduz há 60 anos nessa vida missionária. Ele abre as portas”, diz Isaura. Além das passagens aéreas, a aposentada paga cerca de R$ 250 por uma quitinete em Val Paraíso (GO), incluindo água e luz. "É Jesus quem decide para onde eu vou. Ele providencia tudo, e mesmo que eu não tenha dinheiro, os amigos de Cristo na terrra aparecem e me ajudam", diz sorrindo.
Isaura mostra como dorme no aeroporto  (Foto: Ivanete Damasceno/G1)
A falta de audição não é um problema para Isaura. Quando não consegue entender o que a pessoa fala, pede para escrever e a responde, em tom alto. "Não há muita facilidade dentro dos aeroportos para falar alto, por isso, o senhor me conscientizou, de 20 anos para cá, a trabalhar com os que já são do senhor, mas precisam de um reforço espiritual". Isaura espera que as pessoas a procurem para dar-lhes uma palavra que, segundo ela, varia de acordo com a pessoa. "Eu converso com a pessoa e sinto que ela precisa".
A idosa missionária retorna dia 25 para Brasília e depois vai para Aracaju. "O outro destino ainda não sei. O senhor quem vai me dizer", finaliza.
Viagens
Nas viagens, Isaura leva o mínimo possível. São três mudas de roupa, uma cobertor para os lugares frios, um par de sapatos e papéis para sua comunicação. Enquanto está no aeroporto, procura manter o ambiente sempre limpo, pois segundo ela, o local é sua casa. "Tem locais que as pessoas são bem receptivas, me dão comida, fazem algumas doações, mas não gosto de  pedir. Deixo que eles tragam", diz.
Para dormir, a idosa de pouca estatura, ocupa uma mesinha ao lado das poltronas e estica os pés sobre as malas. "Durante o dia eu fico com guarda-pó e este lenço para evitar sujar minhas roupas. Tenho poucas", conta.
Aos 79 anos, a idosa garante que tem disposição para cumprir sua missão até o fim. "Não sei quando é o fim, mas sei que tenho forças para aguentar. TenhIsaura Lima em Porto Velho (Foto: Ivanete Damasceno / G1)o Jesus, com ele sou tudo. Sem ele sou um mulambo", finaliza.